• sertaocentralnews

BOLSONARO AFIRMA QUE PREÇOS DOS COMBUSTÍVEIS PODERÁ TER NOVO REAJUSTE NAS PRÓXIMAS SEMANAS


Foto: Ueslei Marcelino

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (3) que o preço do petróleo pode voltar a subir nas próximas semanas. A declaração ocorreu após reunião com o embaixador do Kuwait no Brasil, Nasser Riden T. Almotairi. O chefe do Executivo completou que a notícia, "não muito boa, complica"


“A notícia não muito boa que eu falei sobre petróleo, obviamente, eles acham que o petróleo, o preço né, ainda não está muito adequado. Pode ser que tenhamos uma alta do petróleo nas próximas semanas. Complica para a gente", apontou.


Por conta disso, o mandatário ressaltou a necessidade de troca no comando da Petrobras e voltou a negar interferência na estatal. Ele disse ainda que a petrolífera poderá ajudar outros órgãos no combate a cartéis e adulteração. "Isso reforça o nosso interesse em efetivamente mudar o presidente da Petrobras, porque nós queremos, não interferir, como nunca interferimos, isso nunca existiu. Nunca falei ‘desfaz semana que vem’. Agora, a Petrobras pode colaborar com outros órgãos no combate a cartéis, adulteração de combustíveis, a questão de diversificarmos o máximo possível a questão das refinarias", emendou.


Bolsonaro levantou suspeitas em refinarias que podem estar operando abaixo da capacidade para obrigar a importação do óleo diesel. "Tem uma refinaria de um dos países deles que está operando com apenas 70% da sua capacidade. Lamento informar, mas parece que nós poderíamos estar refinando mais. E há algum interesse, estamos apurando se é verdade ou não, que há interesse em refinar menos para nos obrigar a importar óleo diesel, o que encarece o produto final aqui no Brasil", alegou.


O chefe do Executivo falou também sobre o desejo de ver o nome do general Joaquim Silva e Luna aprovado para a presidência da Petrobras. "Conversei rapidamente com o Bento (Albuquerque, ministro de Minas e Energia). Queremos que o nome do Luna seja aprovado. Ele preenche todos os requisitos E ele é uma pessoa que demonstrou o seu valor na Itaipu Binacional".


Aprofundar relações

Por fim, Bolsonaro disse que após o encontro que a intenção é aprofundar as relações cada vez mais na área comercial com o Brasil. "Foram relembrados acordos do Brasil que foram um pouco prejudicados com a pandemia. Estamos voltando. Eles querem diversificar, eles querem importar mais coisa nossa e nós temos um campo muito aberto e fértil para isso. Então, agradecer a todos os embaixadores. Estamos todos irmanados, parece até que somos velhos conhecidos. Reforçaram convite para que nós pudéssemos retornar a esses países como nós fizemos em 2019. E, acabando a questão da pandemia, a gente pede a Deus que acabe o mais rápido possível, a gente volta a esse bom relacionamento", concluiu.


Preços nas refinarias

Os preços da gasolina e do diesel estão mais caros desde a última terça-feira (2/3) nas refinarias. Segundo a Petrobras, os reajustes são de 4,8% e 5%, respectivamente. É o quinto aumento do ano no caso da gasolina, que passa de R$ 2,48 para 2,60 por litro. Para o diesel, é a quarta elevação, com o litro do produto saindo de R$ 2,58 para R$ 2,71.

Foto: Ueslei Marcelino

124 visualizações0 comentário