• sertaocentralnews

EM POUCO MAIS DE TRÊS MESES MADALENA REGISTRA O SEGUNDO FEMINICÍDIO


A cidade de Madalena tem apresentado crimes bárbaros contra jovens, principalmente contra mulheres. Este ano a cidade registrou em pouco mais de três meses dois feminicídio. O primeiro aconteceu no mês de março quando a jovem Vitória Chagas de 21 anos, desapareceu e foi encontrada com várias marcas de arma de fogo. A jovem sumiu no dia 23 de março e só foi encontrada no dia 26 mesmo mês.


Dessa vez em mais um feminicídio Evilanya Martins de 25 anos, residente no assentamento São Nicolau, zona rural do município de Madalena foi a vítima da vez.


A mesma estava desaparecida desde a noite de sábado, 03 de julho, quando saiu para um evento na localidade de Manga (Paredão), localizado na zona rural de Madalena, quando no retorno a garota sumiu. Preocupados familiares começaram as buscas pela jovem vindo a encontrar no final da tarde deste domingo (04), em uma estrada carroçável, de acesso ao assentamento 25 de Março.


Segundo informações do pericia o corpo de Evilanya Martins estava com as mãos amarradas para trás e com uma mordaça feita com um pano e apresentando um ferimento por objeto cortante.

O corpo foi encaminhado para IML de Canindé e agora é mais um crime Policia Civil da resposta a sociedade.


Outro crime que chamou a atenção da cidade pelos requintes de crueldade foi com O jovem Luzardo Sousa de 23 anos, que também tinha desaparecido 26 de outubro do ano passa e só veio a ser encontrado no dia 28 do mesmo mês com o corpo carbonizado.


511 visualizações0 comentário