• sertaocentralnews

FUNCIONÁRIOS DA UPA DE QUIXADÁ ENTRAM EM GREVE POR FALTA DE PAGAMENTO DE SEUS SALÁRIOS


Imagem reprodução

Funcionários da Unidade de Pronto Atendimento em Quixadá (UPA) declararam greve nesta quarta-feira (30). Em vídeo divulgado nas redes sociais, uma médica plantonista afirmou que só atenderá casos de urgência e emergência até que o salário de dezembro seja pago.

A médica plantonista da UPA gravou um vídeo no Instagram em que denuncia o descaso da gestão do prefeito Ilário Marques com a falta de pagamento para os funcionários.


“Hoje o atual prefeito de Quixadá nos garantiu, não só a mim, como aos colegas enfermeiros, aos colegas técnicos, que iria nos pagar. Hoje ele foi a rádio dizer que não tem dinheiro para nos pagar. Então, nós vamos fazer greve”, afirma a médica durante o vídeo.


Visivelmente emocionada, e falando em nome de toda a equipe, a médica contextualiza a situação inadmissível e expõe a questão da pandemia pedindo respeito aos colegas.

“Eu peço respeito! Num ano de pandemia o senhor (referindo-se a Ilário Marques) dizer que não vai nos pagar? Nós que estamos na luta, que deixamos nossas famílias em casa? Expomos a nós mesmos diante de um vírus que não tem vacina, que a gente não sabe como vai enfrentar?”, relata a profissional.


A médica afirma ainda que há profissionais lotados na unidade que já estão há dois meses sem receber salário e diz que só vai atender pessoas até que o salário caia nas contas, ou em caso de pacientes em iminência de morte.

Veja o vídeo:


20 visualizações0 comentário