• sertaocentralnews

GOVERNADOR DO CEARÁ DECRETA SUSPENSÃO EMERGENCIAL DE AULAS PARA PREVENÇÃO DO CORONAVÍRUS NO ESTADO.


Imagem: Thiara Montefusco.

Na tarde desta segunda-feira (16) o governador do Ceará, Camilo Santana, reuniu 25 representantes de entidades do estado para apresentar aos presentes, decreto que determina Estado de Emergência de Saúde Pública no Ceará.

O Plano de contingenciamento ao enfrentamento do Coronavírus foi apresentado ao Ministério da Saúde há mais de 30 dias. Dentre as medidas preventivas do comitê o governador explicou que o estado adquiriu temporariamente o Hospital Leonardo Da Vinci, que estava fechado, mas já está sendo equipado, adaptado e ampliado para possível situação de emergência.

A autoridade informou via decreto oficial, que haverá a suspensão de qualquer evento público no Ceará acima de 100 pessoas, como atividades em escolas e universidades públicas, estaduais e municipais, a partir de quinta-feira (19), por 15 dias, recomendou que as escolas particulares que façam o mesmo, outra decisão foi a interrupção de visitas a unidades prisionais do Estado pelos próximos 30 dias, a partir desta terça-feira (17), além disso, houve o cancelamento das férias de servidores da saúde, e a explicação é a possível ocorrência do estado necessitar de equipes para atender demandas de doentes a medida foi acordada com o Poder Judiciário, Defensoria e Ministério Público.

Da mesma forma, o decreto traz também a obrigatoriedade da higienização dos transportes públicos, pelo menos uma vez ao dia, e determina ainda que servidores públicos com idade igual ou superior a 60 anos trabalhem em casa, quando possível. O Decreto cancela também viagens nacionais e internacionais de servidores públicos. O governo criou a rede de TelesSaúde da Sesa, ampliando o atendimento online para diminuir a procura a unidades públicas.

O ministro da Economia Paulo Guedes em coletiva de imprensa, nesta segunda-feira (16) anunciou uma série de medidas para injetar R$ 147 bilhões na economia brasileira, e com isso conter os efeitos do coronavírus no país.

Na ocasião Dr. Cabeto esteve presente e em sua falou enfatizou a importância do trabalho que está sendo realizado, “Temos um grupo de especialistas na Saúde, e todas as decisões estão sendo orientadas através de informações técnicas e científicas. Importante nesse momento é informar de forma transparente o que está acontecendo, e agir com tranquilidade. Mesmo se tratando de uma transmissão de um vírus extremamente contagioso, a mortalidade não é tão alta quanto em outras epidemias, com cerca 3%. Já somos o Estado que mais investigou o vírus, e estamos fazendo um plano ativo de documentação dos casos, para estabelecer a rota de contaminação, e por fim, reduzir o número de contaminados”.

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, reforçou que essa iniciativa anunciada pelo governador, é o caminho mais viável para combater o Coronavírus, “baseamos as medidas na ciência, ela que nos vai indicar a melhor decisão, de quando fazer um isolamento, qual tipo de controle utilizar, da prevenção à assistência à população”, disse o prefeito.

32 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 - 2021 Todos os direitos reservados.