• sertaocentralnews

GOVERNO LANÇA NOTA SOBRE POSSÍVEIS GREVES NA POLÍCIA MILITAR.

Atualizado: Mar 2


Imagem reprodução

A Justiça Federal determinou nesta segunda-feira (17) a proibição de protestos e movimentos grevistas por aumento salarial realizados por soldados da polícia militar, tais atos ocorrem devido a insatisfação da proposta estrutural do salário da categoria, proposta pelo governador Camilo Santana semana passada na Assembleia Legislativa que contou com a participação de representantes das associações de segurança pública e do governo do estado. O reajuste foi parcelado em três vezes e o montante não agradou a tropa. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, nesta tarde de terça-feira (18), apesar das proibições da Justiça Federal em relação aos protestos, alguns policiais foram presos em flagrante por equipes do Comando de Polícia de Choque, os mesmos secavam pneus de um carro da polícia no Bairro Antônio Bezerra, na cidade de Fortaleza. Tivemos informações que houve também movimentos no interior do estado na cidade de Canindé. Em nota, ontem (18) o Governo do Estado informa que todos os policiais envolvidos em atos que configurem crime militar estão tendo inquérito policial militar (IPM) instaurado pelo CGD, sofrerão todas as sanções previstas em lei, e já serão excluídos da folha de pagamento pela secretaria de planejamento, aqueles que abandonarem o serviço sofrerão as mesmas sanções, e afirma que os comandos não irão tolerar atos de indisciplina e quebra de hierarquia.

41 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 - 2021 Todos os direitos reservados.