• sertaocentralnews

IDOSO DE 61 ANOS É CURADO CÂNCER LINFÁTICO APÓS CONTRAIR COVID-19

Imagem reprodução.

Um homem de 61 anos diagnosticado com linfoma de Hodgkin, tipo de câncer que se origina no sistema linfático, teve uma remissão da doença após contrair covid-19 — isso significa que o linfoma está sob controle, mas o paciente ainda não é considerado curado. O caso foi publicado no periódico British Journal of Haematology no dia 2 de janeiro deste ano.

Após o diagnóstico do linfoma, o paciente apresentou falta de ar, chiado no peito e pneumonia. Com os sintomas, ele realizou o exame de RT-PCR, que deu positivo para covid-19. O homem ficou internado durante 11 dias, sem uso de corticoides ou imunoquimioterapia — indicados para o tratamento do linfoma —, e recebeu alta.

Depois de quatro meses, a equipe médica realizou um exame de tomografia, que mostrou a diminuição do inchaço dos nódulos (sintomas do linfoma) e, com isso, a remissão generalizada. "Nossa hipótese é que a infecção por covid-19 desencadeou uma resposta imune antitumoral, como foi descrito em outras infecções no contexto de linfoma não-Hodgkin de alto grau”, escreveram os autores do estudo, Sarah Challenor e David Tucker.

De acordo com o estudo, as citocinas inflamatórias, produzidas em resposta à infecção, podem ter ativado células T específicas com antígenos tumorais e células que “matam” o tumor.

Fonte: UOL.

32 visualizações0 comentário