• sertaocentralnews

PROFESSORA NO INTERIOR DO CEARÁ REALIZA AULAS NA CALÇADA PARA ALUNOS COM DEFICIÊNCIA EM PANDEMIA

Imagem reprodução.

O Atendimento Educacional Especializado (AEE) vai até a casa de cada aluno, pelo menos duas vezes por semana, para ensinar atividades de grafomotricidade, relacionada às habilidades gráficas e de escrita, e dinâmicas lúdicas. Noadias Novaes é professora e criadora desse projeto que ajuda, principalmente, os estudantes da comunidade Betânia do Cruxati, e região, onde o acesso à internet é limitado.


Eu montei o projeto e eu sou orientada por um amigo microbiologista que me ensina como fazer a esterilização das apostilas, como manter a distância, para que não aconteça nenhuma contaminação”, conta a professor. Ela também tem a ajuda de agentes de saúde, que levam ações educativas para os bairros, pelo mesmo projeto.


Antes da pandemia, Noadias já trabalhava com estudantes deficientes. Ela é professora na Escola Alonso Pinto de Castro e tinha 13 alunos com Síndrome de Down e paralisia infantil.

“Eles estudam na sala regular e no contra turno eles vem para minha sala de recursos onde eu faço atividades para estimular a aprendizagem”, explica Noadias. Mesmo recebendo o reconhecimento de toda comunidade e, principalmente, das famílias dos estudantes, Noadias conta que enxerga o que faz como uma obrigação.


“As famílias ficam muito agradecidas de ver que os filhos não estão desamparados. Eu, sinceramente, eu vejo como uma obrigação. Eu sei que é difícil, é árduo, mas é como se fosse o meu dever. Eu agradeço muito as pessoas que me mandam mensagens, mas eu me vejo como uma das professoras que estão se doando para que se otimize esse ensino que nem todos tem acesso”.


Darlen, de 12 anos, é um dos alunos de Noadias. Ele tem um pouco de dificuldades de acompanhar as aulas online, pois não tem uma boa conexão de internet em casa. Ana Maria, que é mãe de Darlen, diz que o filho não ficou sem estudar por isso e a razão é a professora.


“Não pega direito o aplicativo e fica sem área, mas ele não deixa de fazer as atividades não. Assim que volta eu mando ele fazer. A Noadias ajuda muito porque ela foi a primeira que começou a fazer isso aqui em casa, a gente nem fazia as coisas pelo Whatsapp e ela já vinha”, conta Ana.

30 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco

© 2020 - 2021 Todos os direitos reservados.