• sertaocentralnews

VEREADOR EM MINAS ABRE CAIXÃO LACRADO COM FACÃO, E SERÁ INVESTIGADO PELA POLÍCIA


Video Reprodução.

Wilian Faria (PT), vereador da pequena cidade de Santa Bárbara do Leste, localizada na Zona da Mata mineira, causou espanto nas redes sociais após abrir, com a ajuda de um facão, o caixão de um idoso que havia morrido com suspeita de coronavírus. De acordo com o parlamentar, foi uma falta de respeito a vítima não ter tido velório, já que não havia comprovação de que estaria com a doença.


José Vieira do Carmo, de 92 anos, deu entrada no hospital Casu – Hospital Irmã Denise, em Caratinga, na mesma região, com sintomas gripais. Infelizmente, ele morreu na madrugada desse domingo (25).

Conforme sua filha, de 32 anos, contou à polícia, a família acionou uma funerária para que o corpo fosse retirado da unidade hospitalar e fossem feitos os serviços de praxe. Na manhã daquele dia, o caixão chegou ao cemitério municipal de Santa Bárbara do Leste todo lacrado, como se o idoso tivesse suspeita ou confirmação de coronavírus.

Entretanto, em seu atestado de óbito, não havia nenhum dado a respeito de Covid-19. O fato gerou a indignação de familiares, que não puderam se despedir do ente de uma maneira "digna" e, no caso, também do vereador da cidade, que tem aproximadamente 8 mil habitantes. Ele foi ao local e abriu o caixão para confirmar que havia um corpo lá, mas nenhuma informação sobre a doença.

"Isso aqui não é Covid. Isso aqui é financeiro. Cadê a coroa de flores desse cidadão? Você está vendo porque não querem que abram os caixões? Isso aqui é uns desrespeito com o ser humano", disse Faria.

A Polícia Civil informou que o vereador será investigado por crime de infração de medida sanitária preventiva, já que o resultado do teste PCR só é divulgado em três dias.


O presidente da Câmara Municipal de Santa Bárbara do Leste se manifestou em um vídeo. Segundo ele, a conduta do parlamentar será investigada.

107 visualizações0 comentário